gilmar

Escolhido por Dunga para usar a camisa 9 da seleção brasileira depois da Copa do Mundo de 2014, Diego Tardelli trocou o Atlético-MG pelo Shandong Luneng em janeiro deste ano. Dois meses depois, tornou-se o primeiro jogador de um time chinês a ser convocado para a equipe nacional. O elenco que disputou a Copa América (eliminação para o Paraguai nas quartas de final) ainda teve Éverton Ribeiro, que defende o Al-Ahli (Emirados Árabes Unidos). Contudo, a presença de atletas que atuam em centros menos expressivos pode estar em risco. Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, o coordenador de seleções da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Gilmar Rinaldi, admitiu reavaliar esse tipo de convocação.

Em cerca de 40 minutos de conversa na sede da CBF, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, Gilmar defendeu a atual geração de jogadores brasileiros e admitiu que a comissão técnica da seleção principal busca um camisa 9. Além disso, surpreendeu ao revelar que o jeito brincalhão é um dos traços mais marcantes do treinador Dunga: “Ele é um grande contador de piadas”.